Quando surge a necessidade de utilizar peruca, uma das maiores dúvidas das pessoas é em relação ao material com que o modelo escolhido é feito e quais os benefícios e malefícios que pode gerar ao couro cabeludo e até mesmo à auto estima. Essa preocupação tem fundamento, uma vez que um produto errado pode não proporcionar um encaixe perfeito, por exemplo, o que evidencia ainda mais a falha capilar ou calvície.

Mas quem opta por uma peruca com base feita de micropele dificilmente precisa se preocupar.

O QUE É MICROPELE CAPILAR

Normalmente confeccionada a partir de poliuretano ou silicone, a micropele nada mais é que uma película transparente e extremamente fina. Por essas características, é capaz de aderir tranquilamente ao couro cabeludo do usuário sem que seja possível notar que o mesmo está fazendo uso de uma peruca ou prótese capilar, na qual também é utilizada.

As perucas feitas com base em micropele costumam ter um tempo de vida bem maior que aquelas feitas em telas, mas isso não significa que o usuário deva ter menos cuidado. O processo de confecção consiste basicamente em inserir os fios um a um, e em alguns casos também existe a microperfuração da base para evitar que o couro cabeludo fique abafado, o que torna o produto ainda mais delicado.

A COLOCAÇÃO DA PERUCA DE MICROPELE

Por aderir melhor ao couro cabeludo, uma peruca de micropele capilar não exige muito trabalho para ser colocada, a não ser que seja do modelo que exige o uso de cola ou fita adesiva. Esse modelo, porém, pode causar danos à saúde, pois a cola pode se infiltrar na corrente sanguínea a longo prazo, e seu uso só deve ser feito por determinação de um dermatologista. Outro ponto negativo é o investimento constante nesses fixadores e a impossibilidade de retirar a peruca para dormir, por exemplo, o que reduz sua durabilidade por deixar os fios embaraçados.

Já para o modelo que possui alças de ajuste, a colocação é extremamente simples. Basta colocar a peruca de uma única vez e fazer os ajustes no próprio couro cabeludo, como ensinado nesse post aqui. É preciso ter cuidado para que a linha frontal e a nuca estejam bem ajustadas, assim como as costeletas devem estar centralizadas e firmes. E, caso sentir que está frouxa ou apertada demais, basta mexer nas alças e pronto, a peruca estará perfeitamente colocada!

Para que ela dure mais, é só deixá-la em um suporte arejado na hora de dormir, para evitar que os fios embaracem e que haja acúmulo de suor. Cuidados ao pentear e lavar também são essenciais, mas nada que seja difícil de fazer, basta pedir o auxílio dos profissionais da empresa escolhida para a compra da peruca.

Se tiver alguma dúvida ou sugestão, basta deixar nos comentários e responderemos o mais rápido possível. Se preferir, venha nos visitar para conhecer de perto como é uma micropele capilar. Teremos imenso prazer em te receber e explicar com mais detalhes sobre a importância e influência desse material em uma peruca =)