Não é de hoje que a calvície é incômoda tanto para os homens quanto para as mulheres. Uma prova disso são as inúmeras tentativas feitas no decorrer dos séculos para descobrir a resposta para a seguinte pergunta: é possível chegar ao fim da calvície? Hoje, após tantos anos de pesquisa e com o avanço da medicina, não é difícil encontrar dermatologistas que afirmam que sim, é possível.

Uma das grandes apostas, que já está em uso nos tratamentos há algum tempo obtendo ótimos resultados é a finasterida, medicamento que inibe a ação da di-hidrotestosterona (DHT), responsável pelo enfraquecimento dos fios. Segundo a Dr. Denise Steiner, dermatologista membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia, ela não tem nenhum tipo de ação hormonal, que possa agir diretamente na testosterona, por exemplo, mas sua ação positiva na corrente circulatória e nos folículos pilosos a mantem como a melhor solução atual contra a calvície.

 

Os benefícios da finasterida para o fim da calvície

 

Existem teorias de que esse medicamento pode causar impotência sexual e diversos outros efeitos colaterais, mas especialistas garantem que apenas 1% das pessoas tratadas apresentam algum sintoma, que normalmente é a diminuição da ejaculação e da libido. Seus benefícios, por outro lado, podem atingir 100% dos casos.

 

Mas, para obter os melhores resultados, é preciso entender que quanto antes começar o tratamento, melhor. Segundo o dermatologista Arthur Tykocinski, ao notar que os cabelos estão ficando mais finos já é hora de procurar ajuda médica, pois os remédios que existem hoje não são capazes de trazer de volta os fios perdidos. Então surge a pergunta: como que uma pessoa calva aparentemente volta a ter cabelo na área afetada após o tratamento com a finasterida?

 

Isso ocorre por que na verdade os cabelos ainda estavam ali, porém não cresceram completamente devido a ação da di-hidrotestosterona. Ou seja: não estavam visíveis devido o aspecto de penugem que adquiriram. Um dos grandes benefícios do remédio em questão é fazer com que esses fios possam continuar se desenvolvendo, até atingirem as caraterísticas normais, e isso dá a impressão de que nasceu cabelo onde antes não havia nenhum. O dermatologista Dr. Roberto Barbosa Lima explica que os resultados são animadores: 48% dos pacientes masculinos que utilizaram finasterida por 1 ano conseguiram reverter o problema, já nos que fizeram por 2 anos a taxa é de 66%.

 

A Dr. Denise Steiner reforça que 9 a cada 10 pacientes conseguem essa restauração atrelada ou não a outro grande benefício da finasterida: a redução total ou parcial da queda. Entretanto, como citado pelo Dr. Arthur Tykocinski, quanto mais o paciente demorar a procurar ajuda médica, menores serão as chances de chegar ao fim da calvície, uma vez que a queda se mantém em avanço constante nas áreas de ação da DHT, que pode incluir todo o couro cabeludo.

 

Cuidados a se tomar

 

Mas além da procura por um médico ao perceber os primeiros sintomas, existem outros cuidados a serem tomados, como alertam dos dermatologistas Denise Steiner e Roberto Barbosa Lima.

 

Mulheres que estejam em idade fértil, por exemplo, não devem fazer uso do medicamento, a não ser que estejam utilizando anticoncepcionais da forma correta. Esse cuidado deve ser tomado pois, caso engravidem de um feto masculino, o mesmo pode sofrer feminilização. Outro cuidado crucial a ser tomado por pacientes de ambos os sexos é o de não interromper o tratamento e mantê-lo constante até que o médico determine o contrário, pois a interrupção antes do tempo fará com que a DHT volte a agir e todos os resultados serão perdidos.

 

Em resumo, pode-se dizer que a finasterida é atualmente a solução ideal para o fim da calvície, pois retarda os efeitos da di-hidrotestosterona, paralisando a queda e recuperando os fios miniaturizados. É também a única droga com efeitos cientificamente comprovados e capaz de agir diretamente na raíz do problema, como conclui a Dra. Denise.

 

Tem alguma outra dúvida sobre queda de cabelo? Deixe nos comentários, pois nossos artigos são feitos com base nas perguntas mais comuns que nossos clientes e amigos fazem =)